Alimentação Ideal Para Você Emagrecer com Saúde

Que tal falarmos sobre alimentação saudável? Será que é possível emagrecer comendo de tudo, através de uma boa alimentação? Se você quer saber tudo sobre a alimentação certa para emagrecer, acompanhe esse artigo que preparamos especialmente para você. Nós vamos falar sobre esse assunto que tem sido dúvida da maioria das pessoas, e que muito interessa a quem está em verdadeira guerra travada contra a balança. Afinal, saúde e emagrecimento são duas coisas que devem caminhar juntas.

O Que é Uma Alimentação Saudável

Olhar para aquele prato de salada verde, com folhas a perder de vista e torcer o nariz. Quem nunca? Afinal, parece que alimentação saudável virou sinônimo de comer pouco ou comer apenas coisas não tão satisfatórias, não é mesmo? Mas é justamente o contrário. Quem disse que para emagrecer a gente tem que sofrer? E quem disse que uma alimentação saudável tem que ser uma comida ruim e sem graça?

Pois quem sofre para fazer dietas malucas e restritivas nunca conseguirá ter um emagrecimento definitivo, pois o corpo necessita de todos os nutrientes. Além disso, vai chegar uma hora que a pessoa vai acabar caindo de boca em cima daquela comida que da qual ela se privou tanto. Comer pouco ou comer mal está longe de ser a forma correta de emagrecer. Quando pensamos em baixar os pontos da balança, é preciso considerar um ponto muito importante: a qualidade da alimentação será responsável pelo seu alimento.

E quando falamos em alimentação saudável, a importância de alimentar-se bem está diretamente ligada às necessidades diárias de nutrientes que nosso organismo necessita. E esses nutrientes, nós vamos encontrar nos próprios alimentos.

Alimentação Saudável

Além disso, é muito fácil perceber quando uma pessoa não está se alimentando adequadamente, pois os sinais são muito visíveis:

  • Fraqueza;
  • Desânimo;
  • Sonolência;
  • Dificuldade para fazer atividades físicas;
  • Metabolismo lento (dificuldade de emagrecimento);
  • Inchaço no corpo, retenção de líquidos;
  • Desnutrição;
  • Obesidade;
  • Cabelos, unhas e pele fracos e sem vida, etc.

Mas tudo isso pode ser combatido através de uma alimentação saudável. A maior vantagem disso, com certeza, será refletida na balança, onde finalmente você irá ver os ponteiros descendo. Portanto, para mudarmos a nossa alimentação e compreendermos qual a maneira correta de se alimentar para emagrecer, precisamos conhecer todos os nutrientes que nosso corpo precisa. Vamos lá?

Os Nutrientes Necessários para o Bom Funcionamento de Corpo

Para que nosso corpo se mantenha em equilíbrio, é preciso haver uma combinação de todos os nutrientes que ele precisa ao longo do dia. É como se fosse o combustível para ele funcionar bem. Só que, para que esse combustível funcione, ele precisa ser completo. Portanto, precisamos conhecer os nutrientes que necessitamos para compor pratos com base em uma alimentação saudável, para que possamos emagrecer de forma definitiva.

Nosso corpo precisa de certos nutrientes, que são divididos em macronutrientes e micronutriente. Cada grupo deles possui determinados tipos de alimentos com funções específicas em nosso corpo.

Macronutrientes são aqueles que o organismo precisa em maior quantidade diária, que são os carboidratos, gorduras e proteínas (glicídios, lipídeos e protídeos). Já os micronutrientes são aqueles que também precisamos diariamente, mas em uma quantidade menor, que são as vitaminas e minerais. Portanto, a base de uma alimentação saudável é fornecer diariamente ao nosso corpo todos esses nutrientes.

Resumindo, todos os dias nosso corpo precisa de certa dosagem de: carboidratos, gorduras, proteínas, sais minerais e vitaminas. Não podemos nos esquecer também da água. Vamos saber o que cada um deles pode fazer pelo nosso corpo?

Carboidratos

Os carboidratos ou glicídios têm a função de fornecer energia ao nosso corpo. É através deles que as células são alimentadas com a energia necessária para realizar todas as suas funções metabólicas. O problema da falta absoluta dos carboidratos na alimentação é que, ao longo do tempo, pode ocorrer um grande déficit de energia para o corpo.  Por outro lado, seu consumo em excesso pode provocar diversos males como a obesidade, diabetes e a arteriosclerose.

Outro benefício dos carboidratos é que alguns deles são ricos em fibras (nutrientes reguladores) e, consequentemente, contribuem para o bom funcionamento intestinal.

Fonte de carboidrato: pão, cereais (arroz, trigo, milho, aveia, etc.), tubérculos (batatas, mandioca, mandioquinha, etc.), leguminosas (feijão, ervilha, lentilha, fava), os açúcares (mel, melado, frutose, etc.) dentre outros.

Óleos e Gorduras

Óleos e gorduras, também conhecidos como lipídeos, são os grandes vilões do emagrecimento, certo? Errado! Embora muitas pessoas tenham a mentalidade de que gordura tem que ser excluída de uma dieta de emagrecimento, este conceito está completamente equivocado. Isso porque os lipídeos fazem parte dos macronutrientes necessários para o bom funcionamento do nosso corpo. Portanto, para garantirmos uma alimentação saudável, é preciso incluir a dosagem certa diária de gordura de que o corpo necessita.

As gorduras são a maior fonte de armazenamento de energia no organismo. Assim como o carboidrato, os lipídios também são fontes de energia que o corpo precisa para realizar suas funções metabólicas. Além disso, eles também auxiliam no desenvolvimento cerebral e regulam a temperatura corporal.

Outro fator importante que faz dos lipídeos um nutriente indispensável na alimentação é que a gordura é responsável pelo transporte e absorção das vitaminas A, D, E e K. Estas, são chamadas vitaminas lipossolúveis, ou seja, elas só serão absorvidas pelo nosso organismo se tiver gordura. É por isso que muitas pessoas, ao fazerem aquelas dietas malucas, começam a ter fraqueza e nada funciona bem. Simplesmente porque essas vitaminas contidas nos alimentos não são absorvidas pelo organismo.

Por outro lado, o excesso de gorduras proporciona o surgimento de doenças como obesidade, diabetes e doenças cardiovasculares. Portanto, embora os lipídeos façam parte da necessidade diária, existe a quantidade correta para isso.

Fontes de gorduras: o azeite, manteiga, margarina, oleaginosas, óleos vegetais, algumas frutas como abacate e coco, ovos, carnes, etc.

Proteínas (protídeos)

As proteínas ou protídeos são responsáveis pelo crescimento e reparação dos tecidos do nosso corpo, bem como a construção de massa muscular. Alimentos fonte de proteínas são extremamente importantes para o bom funcionamento do corpo, uma vez que são elas que fornecem aminoácidos para as células.

Assim como os carboidratos e gorduras, as proteínas também são fonte de energia para o corpo. Em dietas de emagrecimento as proteínas entram como forte coadjuvantes para a construção de massa muscular, que contribui para a aceleração do metabolismo. Quanto menos massa muscular nós temos, menos o metabolismo vai funcionar.

Fontes de proteínas: todas as carnes, leite, queijos e demais alimentos de origem animal.

Vitaminas

Como parte dos micronutrientes, as vitaminas são substâncias orgânicas consideradas como nutrientes essenciais. Embora sejam necessárias em pequenas quantidades, elas influenciam muito no bom funcionamento do nosso organismo. São elas que auxiliam diretamente no crescimento e formação de ossos e dentes, além de fortalecer nosso corpo contra doenças. As vitaminas também garantem pele, cabelo e unhas saudáveis.

Existem dois tipos de vitaminas: hidrossolúveis (solúvel em água) e lipossolúveis (solúvel na gordura).

As vitaminas hidrossolúveis não ficam armazenadas no corpo, por isso devem ser repostas diariamente. São elas: vitaminas C, complexo B, ácido fólico (B9), etc. As vitaminas lipossolúveis são armazenadas no fígado e precisam da gordura para serem absorvidas pelo organismo. São elas: vitaminas A, D, E, e K.

Sais Minerais

Os sais minerais são importantes nutrientes, muito necessários para o bom funcionamento do organismo de todos os seres vivos.  Eles estão presentes na composição de nossas células e regulam nossas funções vitais. O déficit de sais minerais no corpo pode ser muito prejudicial para o funcionamento do metabolismo.

Diariamente, nosso corpo precisa de reposição de sais minerais, pois eles são eliminados através das fezes, urina e suor.

Exemplos de sais minerais são: o potássio, o ferro, o fósforo, o magnésio, o cálcio, o flúor, o cloro, o sódio, o zinco, o iodo, etc.

Como Utilizar os Nutrientes para uma Alimentação Saudável

Como vimos, cada grupo de nutrientes possui uma função diferente em nosso corpo e todos eles se complementam. Para uma alimentação saudável, é preciso que haja uma quantidade diária de cada um deles. Veja na imagem a seguir, um exemplo de como deve ser a divisão de nutrientes nas principais refeições.

Observe como todos os alimentos estão muito bem distribuídos nessa refeição. Para montarmos essa divisão é muito simples, e deve ser dividida da seguinte forma:

  • Vegetais – ½ do prato (50%);
  • Carboidratos – ¼ do prato (25%) – preferencialmente os integrais;
  • Proteína – ¼ do prato (25%) – sendo metade para proteínas animais e metade para proteínas vegetais.

Obs.: A gordura já está inclusa na carne, mas pode ser acrescida em forma de azeite sobre a salada.

Ao longo do dia, a quantia indicada para consumo de alimentos segue a sugestão abaixo:

  • Leite e derivados – 2 a 3 porções diárias;
  • Leguminosas – 1 porção diária;
  • Carnes, feijão e ovos – 1 a 2 porções diárias;
  • Frutas – 3 a 5 porções diárias;
  • Verduras – 4 a 5 porções diárias;
  • Pães e Massas – 5 a 9 porções diárias;
  • Tubérculos e raízes – 5 a 9 porções diárias;
  • Cereais – 5 a 9 porções diárias;
  • Óleos e gorduras – uso moderado.

Agora que você já sabe tudo o que precisa para fazer uma alimentação saudável para emagrecer, que tal começar imediatamente? Seu corpo e a balança com certeza irão agradecer.

Gostou do nosso artigo? Não deixe de compartilhar com seus amigos nas redes sociais.

Recomendados: