Detone a Gordura Localizada Com 8 Mudanças Simples

Aquela barriguinha flácida e pendurada está te incomodando? Bem, ela pode ser resultado de diversas situações, como uma grande perda de peso, efeito sanfona, ou até mesmo se você teve um filho recentemente.

Acabar com a barriga flácida não é tão complicado como as pessoas imaginam, e pode acontecer se você decidir por fazer mudanças em sua rotina de exercícios, dieta e estilo de vida, deixando a barriga firme e lisinha.

Após a perda extrema do peso ou de um parto, a pele em torno da área da barriga costuma esticar para fora, o que pode resultar naquela aparência de uma “pochete vazia”, e essa barriguinha flácida pode incomodar bastante.

Porém, a pele esticada não significa necessariamente que você tem peso extra a perder, e tonificar os músculos ao redor do abdômen é o que pode realmente ajudar a esticar a pele da barriga.

Confira Abaixo Algumas das Melhores Dicas para Acabar com a Barriga Flácida

Barriga Flácida
Barriga Flácida

Primeiros Exercícios

Os exercícios mais recomendados para acabar com a barriga flácida normalmente são os alongamentos de braço e pernas e o movimento da “bicicleta no ar” – aquele mesmo que muitas crianças vivem fazendo enquanto brincam. Além deles, os exercícios abdominais e certos tipos de poses de ioga podem intensificar sua rotina de exercícios na redução da barriga flácida.

Alimentação

Um dos lugares mais importantes para olhar quando se trata de reduzir a flacidez da barriga pode ser a sua geladeira. Saber quais os alimentos que aumentam o peso da barriga e quais os alimentos que ajudam a queimar as calorias é extremamente importante. Deve ser feito um esforço no consumo de mais gorduras monoinsaturadas como as encontradas em nozes, azeite e sementes ajudando a queimar a gordura da barriga, e eliminar o consumo de gorduras encontradas em óleos hidrogenados, farinhas enriquecidas e as famosas gorduras trans, como as encontradas na margarina, biscoitos embalados, bolachas e no macarrão.

Exercícios Aeróbicos

Apostar em um bom treino aeróbico através de caminhadas, corridas, ciclismo, spinning, ou jump, por exemplo, ajuda o corpo a queimar mais calorias. E queimar mais calorias é uma das melhores maneiras de se combater a barriga flácida.

O recomendado é que você escolha ao menos dois entre esses exercícios aeróbicos para que sejam praticados por pelo menos 30 minutos por dia cada um, aumentando a perda de gordura da barriga, tonificando os músculos abdominais e melhorando a saúde e o bem-estar geral.

Porém, depois de começar na baixa intensidade, é preciso saber que os exercícios aeróbicos devem ser feitos em média ou alta intensidade para que eles realmente possam reduzir a gordura de sua barriga. Acelerar e pegar mais pesado nesses exercícios irá fazer com que você queime mais calorias, o que irá reduzir a sua gordura corporal total e emagrecer todas as partes do seu corpo, incluindo a sua barriga. Ou seja, ignore as caminhadas de lazer com seu cachorrinho, e escolha os tipos de exercícios aeróbicos que queimam mais calorias, como andar de bicicleta, correr e pular corda, e faça sessões de 60 minutos cinco vezes por semana para notar uma diferença muito maior.

Exercícios Aeróbicos Intervalados

Se você quer resultados ainda mais rápidos para diminuir a cintura, o treinamento intervalado é uma obrigação. Esse tipo de treino envolve intervalar intensidades muito altas com intensidades médias de exercício, e permite queimar muito mais calorias do que quando nos exercitamos em um único ritmo.

Normalmente esses treinos são feitos durante a corrida, mas correr não é a única maneira de fazê-los, esses exercícios também podem ser feitos ao andar de bicicleta, nadar, pular corda, ou até mesmo dançar.

Musculação

Enquanto você está indo muito bem nos exercícios aeróbicos, é hora de fazer os exercícios que realmente irão tonificar os músculos do abdômen e fazer com que você acabe de vez com a barriga flácida. Invista em exercícios com pesos e em aparelhos que trabalhem a região abdominal.

Evite Esses Alimentos

Mais uma vez falando de alimentação, o excesso de peso pode não ser o único problema da sua barriga flácida. Se você está tendo problemas digestivos, isso pode estar fazendo sua barriga ficar ainda mais inchada.

Nesse sentido, comece a evitar os alimentos que são conhecidos por causar inchaço, como produtos lácteos e de alto teor de sódio e de gordura. Esqueça chicletes que inclusive fazem com que você engula ar, se afastar as bebidas como refrigerantes e cerveja, uma vez que elas liberaram dióxido de carbono, causando mais inchaço.

Diga Sim a Estes

A constipação (ou o famoso intestino preso) também pode ser uma das causas de inchaço da sua barriga, por isso certifique-se de que está consumindo a quantidade de fibra suficiente diariamente (25 a 30 gramas), onde você pode apostar por exemplo em abacate, linhaça, abacaxi, mirtilo, entre outros. Beber água suficiente também é fundamental para manter o organismo funcionando corretamente.

No Café da Manhã

Definitivamente não pule a primeira refeição do dia, uma vez que se alimentar cerca de uma hora depois de acordar irá melhorar e muito o seu metabolismo, ajudando a reduzir a sua gordura corporal total e a acabar com a barriga flácida.

No café da manhã opte por uma combinação cheia de proteínas boas e fibras, onde a proteína vai lhe dar energia, e então você vai se sentir bem-disposta para os seus treinos durante o dia, e além disso, as proteínas ajudam na construção dos músculos.

Focar na malhação e nos exercícios físicos é o caminho para acabar com a barriga flácida de vez, mas sem se esquecer é claro, de manter uma boa alimentação e de escolher os alimentos certos e que ajudam você a conseguir bons resultados. Com dedicação e seguindo essas dicas você consegue chegar lá mais rápido e passa a ter uma vida muito mais saudável, e com o corpo que sempre quis ter!

Se você gostou das nossas dicas, compartilhe com as amigas, e deixe que elas também descubram os benefícios de uma vida mais saudável. Comece hoje mesmo a acabar com essa barriguinha flácida que tanto tem incomodado.

Recomendados: