Consiga Bons Resultados com Treinos de Musculação e Emagreça de Forma Saudável

Os treinos de musculação para emagrecer geralmente ficam em segundo plano quando o assunto é queimar gordura. O foco em exercícios aeróbicos sempre ganha todas as atenções, especialmente no começo das dietas.

O que nem todos sabem é que a prática de exercícios de musculação pode produzir resultados tão bons quanto as tradicionais corridas que acabam sendo a principal opção.

Por que a Musculação Emagrece?

Pode parecer que não, mas a musculação pode perfeitamente produzir bons resultados sobre a gordura localizada. A ideia de um exercício parado e de movimentos curtos gera essa imagem de algo voltado apenas para ganhar massa muscular.

A verdade é que a musculação apresenta algumas características que faz dela até melhor que alguns exercícios aeróbicos. As principais delas são a aceleração do metabolismo e o aumento da massa muscular.

A aceleração do metabolismo se dá da mesma maneira que qualquer outro exercício. A grande vantagem da musculação em relação aos demais é justamente o tempo que essa aceleração metabólica se mantém.

Mesmo após a finalização do exercício, o metabolismo segue acelerado em busca da recuperação dos músculos já que durante o treinamento ele sofreu o impacto para estimular o seu crescimento.

Já o segundo fator (aumento da massa muscular) produz mais do que estética. O músculo exige maior energia para ser mantido do que a gordura, razão que faz dele um aliado na hora de perder peso, consumindo mais energia e auxiliando na queima de gordura.

Claro que esses resultados também dependem da boa execução dos exercícios. Imaginar que duas vezes na semana serão suficientes para entregar bons resultados seria um grande engano. É preciso levar a sério e treinar com intensidade.

Cuidados com a Prática de Musculação

Também não é porque você descobriu que os treinos de musculação para emagrecer são bons na queima de gordura que deve sair e ficar três horas por dia puxando peso. Alguns cuidados devem ser considerados.

O primeiro é um tanto quanto óbvio: o cuidado com as lesões. Ao trabalhar um grupo muscular, o ideal é que a recuperação seja de ao menos um dia. Isso significa que se você treinar o peitoral na segunda-feira, não deve focar nesse grupo novamente na terça.

Os próprios treinadores já montarão um plano de treino respeitando essa divisão para evitar a sobrecarga que possa vir a gerar problemas. Importante também cuidar da postura na execução dos exercícios já que isso também pode vir a ocasionar uma lesão.

Tire da cabeça aquela imagem de medo para ficar muito forte ou musculoso. Para chegar nesse nível é preciso muito mais do que algumas sessões de exercícios.

Métodos de Treinos de Musculação para Emagrecer

Não é apenas na divisão dos grupos musculares que os treinos de musculação se dividem. Existem diferentes metodologias para usar e melhorar os resultados.

Uma dica importante é mesclar os diferentes tipos de treinos de musculação para emagrecer e criar ciclos entre eles. Geralmente um treinamento pode ser usado entre trinta e quarenta e cinco dias, sendo substituído por outro estilo posteriormente.

Treino de Musculação - Pesos
Treino de Musculação – Pesos

Esse período é apenas uma sugestão e pode variar de treinamento para treinamento. O importante é seguir e obedecer ao cronograma para que os resultados apareçam.

Desnecessário dizer que sem aplicar a intensidade qualquer tipo de treinamento (e não apenas de musculação) dificilmente produzirá bons resultados. Por isso, dedicação e esforço são dois fatores fundamentais nesse sentido.

Veja a seguir alguns exemplos de treinos de musculação para emagrecer.

  • Treinamento Tradicional

O mais comum (especialmente para iniciantes) é aplicar a divisão simples de treinamento. Nesse modelo, o treino é dividido entre duas partes (chamado de treino A e treino B) que trabalha diferentes grupos musculares.

Não há grande variação, as séries costumam apresentar organização padrão e com a mesma carga. Cada exercício poderá ter três ou quatro séries entre oito e doze repetições cada – além de um minuto de intervalo entre elas.

Há um boato de que para “crescer” (ganhar massa muscular) é melhor focar em baixas repetições e para emagrecer elas devem ser mais longas. Isso não se aplica na prática. Qualquer treino feito com boa intensidade poderá ajudar no seu emagrecimento.

  • Pirâmide Crescente

Nesse método o treino é dividido geralmente em quatro séries para cada exercício, mas com variação entre a carga e as repetições. As repetições diminuem a cada série e o peso vai aumentando da mesma forma.

O objetivo é conseguir crescer a sua carga e, assim, estimular o trabalho muscular. Com carga maior no final, a intensidade é usada quase ao máximo, produzindo bons resultados como treino de musculação para emagrecer e também para ganho de massa magra.

Um exemplo: primeira série com doze repetições, a segunda com dez repetições, a terceira com oito repetições e a última com seis repetições. A cada repetição a carga aumenta, chegando perto do máximo possível (desde que respeitando os seus limites) na última série.

  • Pirâmide Decrescente

Como você já deve imaginar, a pirâmide decrescente usa o mesmo conceito da pirâmide crescente, mas com a inversão do treinamento. A primeira série terá poucas repetições e alta carga, aumentando as repetições e reduzindo a carga gradativamente.

Nesse modelo deve-se tomar cuidado redobrado com o início do treino, fazendo bom aquecimento. Como o primeiro exercício iniciará com carga alta, será maior também o risco de lesão.

Esse método é excelente para maximizar o esforço e acelerar o metabolismo já que mesmo na última repetição (com carga reduzida), a intensidade acabará sendo muito alta. A pirâmide decrescente também é ótima para quem visa a hipertrofia.

  • Bi-sets

Não gosta de exercícios com muita carga? A recomendação é um bi-set, fazendo dois exercícios ao mesmo tempo e sem intervalo. Mesmo com uma carga bem baixa é possível obter alta intensidade e aceleração do metabolismo.

Um exemplo é montar um bi-set com o supino e a flexão de braço. Você fará a execução de uma série de supino e na sequência (sem intervalo) fará a flexão. O cansaço será intenso e o esforço perto do limite, produzindo bons resultados mesmo em treinamento curto para emagrecer.

Esses são apenas os principais estilos. Consulte um personal trainer que ele certamente terá a melhor opção entre os treinos de musculação para emagrecer. Não se esqueça de compartilhar o artigo com os seus amigos!

Recomendados: