Como Colocar a Dieta Cetogênica em Prática Agora e Começar a Emagrecer [Entenda]

Você já ouviu sobre a dieta cetogênica? É possível que não já que ela não está entre as opções de plano alimentar mais conhecidas, embora possa apresentar resultados interessantes para quem busca uma alimentação melhor que permita emagrecer e, claro, manter a saúde em dia.

Não se preocupe caso não conheça ou mesmo se o nome parecer algo complexo. Essa dieta tem seu funcionamento relativamente simples e precisa apenas de alguns ajustes da sua alimentação para produzir resultados interessantes para o seu usuário.

Se você nunca ouviu falar sobre a dieta cetogênica, leia este artigo até o fim e entenda tudo sobre ela.

O que é a Dieta Cetogênica?

O nome da dieta é originado na palavra “cetose” que é a nomenclatura atribuída ao processo de transformar as gorduras que o organismo recebe em energia para a rotina e atividades do dia-a-dia. Basicamente, ela converte a gordura para energia que seria proveniente do açúcar, por exemplo.

É neste processo de cetose que a dieta cetogênica baseia-se no seu conceito. O corpo irá usar a gordura como fonte de energia para as atividades do cotidiano e isso irá estimular uma maior queima de gordura do que em situações normais de alimentação.

A dieta cetogênica é composta por grande quantidade de lipídios e redução considerável de carboidratos e proteínas. Como é mais fácil queimar o carboidrato do que as proteínas e gorduras, o corpo acaba usando mais energia para queimar os lipídios, gerando maior gasto energético e propiciando o emagrecimento como resultado natural da dieta.

Ela é bem comum entre atletas e praticantes de musculação que desejam queimar gordura e ter um corpo em dia. Pessoas que sofrem de epilepsia podem usar essa dieta como alternativa para ajudar no tratamento da doença também. Resultados em relação a esse diagnóstico já foram comprovados.

O que se Pode Comer na Dieta Cetogênica?

Dieta-Cetogenica
Dieta-Cetogenica

O plano alimentar de uma dieta cetogênica é composto em grande parte por lipídios, como você já viu anteriormente. Em geral, 75% dos alimentos do seu cardápio serão provenientes dos lipídios.

Importante é não confundir lipídios com qualquer tipo de gordura ruim ao seu organismo. O que será consumido dentro da dieta cetogênica é a gordura boa e saudável, ou seja, aquela encontrada em castanhas, abacate ou óleo de coco, por exemplo. Não é preciso dizer que doces e frituras estão mais do que proibidos nesse tipo de plano alimentar.

As demais substâncias devem ser distribuídas entre proteínas e carboidratos. Você poderá selecionar se deseja um pouco mais de um ou de outro, porém a divisão deve ficar entre 15 e 20% para as proteínas e apenas 5 a 10% de carboidratos.

No caso dos carboidratos é essencial que sejam prioritariamente aqueles de baixo índice glicêmico pela facilidade de absorção por parte do organismo como a batata-doce. Alimentos como arroz branco, doces, macarrão, batata ou pão francês, por exemplo, devem ser eliminados da alimentação.

Para as proteínas, o ideal é focar em carnes magras, mas a carne vermelha está permitida desde que respeite os limites diários – como ela tem maior teor de gordura e a dieta já é baseada em lipídios, o seu excesso pode atrapalhar o objetivo da dieta cetogênica. Até mesmo o bacon será permitido.

Legumes e verduras serão aliados para compor os pratos. Abobrinha, tomate, pimentão, cebola, pepino, brócolis e couve-flor, por exemplo, estão liberados para o consumo. As gorduras boas também estão nessa lista, tais como macadâmia, manteiga, castanhas, amendoim ou óleo de coco.

O ideal é consultar um nutricionista na formulação da dieta para que o corpo não sinta falta dos nutrientes mais importantes.

A Dieta Cetogênica Funciona?

Esse tipo de plano alimentar vem trazendo ótimos resultados para quem deseja emagrecer rapidamente e ainda aumentar o ganho de massa muscular. Contudo, deve ser usada com cautela já que os carboidratos têm grande importância para o corpo humano e não devem ser esquecidos eternamente.

O ideal para que optar por esse tipo de plano alimentar é criar ciclos: duas semanas com a dieta cetogênica, uma ou duas semanas com alimentação normal e a volta dos carboidratos. Essa alternância pode trazer bons resultados e impedir ainda problemas de saúde pela ausência dos carboidratos.

Lembre-se sempre de ter um acompanhamento profissional que possa tirar as dúvidas e acompanhar o processo. Pessoas que apresentem saúde frágil ou gestantes não devem fazer a dieta cetogênica sem autorização de um especialista.

Cardápio para uma Dieta Cetogênica

Se você gostou da ideia de uma dieta baseada em lipídios e resolveu seguir a dieta cetogênica, mas ainda tem dúvidas sobre como ficaria a sua alimentação, veja a seguir um exemplo de cardápio formulado pela nutricionista da Clínica Andréa Santa Rosa e divulgada no site da GNT.

  • Café da Manhã

Opção 1: 3 fatias de ricota com gergelim e um copo de chá verde.
Opção 2: Vitamina de abacate com leite de amêndoas

  • Lanche da Manhã

Opção 1: Mix de castanhas (castanhas do Pará, amêndoas, castanha de caju ou pistaches).

  • Almoço

Opção 1: Lasanha de abobrinha e carne moída com molho de tomate temperado e uma colher de sobremesa com azeite.

Opção 2: Filé de carne vermelha grelhado com cebola, aspargos feitos na manteiga e uma colher de sopa de óleo de abacate.

Opção 3: Suflê de atum com couve-flor.

Opção 4: Peixe grelhado com salada completa (alface, tomate, pepino, pimentão ou o que mais você quiser) e uma colher sopa de azeite (pode ser adicionado como tempero da salada).

  • Lanche da Tarde

Opção 1: Copo de whey protein com água (ideal para quem pratica atividades de musculação)

Opção 2: Mix de castanhas (castanhas do Pará, amêndoas, castanha de caju ou pistaches).

  • Jantar

Opção 1: Omelete de dois ovos misturado com alho-poró, queijo cottage e palmito acompanhado de frango grelhado.

Opção 2: Filé de tilápia grelhado com salada de alface, tomate e pepino com uma colher de sobremesa de azeite.

Opção 3: Hambúrguer de salmão grelhado com molho de mostarda e alcaparras e um palmito grelhado.

Opção 4: sopa de legumes (couve, brócolis, cenoura, vagem e couve-flor).

O que achou da dieta cetogênica? Se você gostou de conhecê-la divulgue com seus amigos e mostre para eles que está antenado no mundo da nutrição!

Recomendados: