Emagrecer de Vez – Confira Truques que Ajudam a Não Ter Efeito Sanfona

Emagrecer é algo extremamente gratificante para quem está acima do peso. Entretanto, algo muito comum após o emagrecimento é o famoso e indesejado efeito sanfona que não é nada agradável.

Um dos maiores causadores disso é que depois de emagrecer e fazer uma dieta drástica as pessoas tendem a voltar aos seus hábitos normais de alimentação.

Isso acontece principalmente para quem busca um emagrecimento rápido, e se esquece de fazer mudanças alimentares que possam ser levadas para vida, através de uma reeducação alimentar.

Emagrecer rápido, com dietas milagrosas é um dos piores vilões do emagrecimento, já que com eles, o efeito sanfona é possível aparecer. Por isso, ao fazer uma dieta, é necessário evitar que isso ocorra!

Para que isso não aconteça com você, vamos ver algumas dicas e truques que vão te ajudar a não ter o efeito sanfona. Quer saber quais são? Conheça elas logo mais a seguir, veja:

Dica para Não Ter o Efeito Sanfona: Reeducação Alimentar

O ideal para emagrecer e não recuperar o peso novamente é fazer uma reeducação alimentar, sem dietas altamente restritivas, tais como ficar horas sem comer ou excluir um grupo de alimentos do cardápio.

Com isso você consegue emagrecer de forma efetiva e duradoura, adquirindo hábitos que poderão ser levados para a vida toda.

Mas como encarar a reeducação alimentar?

Não precisa passar fome como falamos anteriormente, ou comer apenas saladas. Nada disso! Uma reeducação alimentar tem vários aspectos e você pode começar por:

  • Substituir comidas fritas e pré-prontas por comidas mais frescas;
  •  Comer a cada 3 horas uma barra de cereal, uma fruta, um ovo cozido, ou outro alimento de baixa caloria e saudável;
  • Incluir em sua alimentação diária, uma fruta;
  •  Diminua as porções ingeridas nas principais refeições. Isso fará que seu estômago diminua de tamanho e facilite o processo de emagrecimento. Diminuindo as porções as chances de voltar a engordar são menores, o que evita o efeito sanfona.

Dica para Não Ter o Efeito Sanfona: não tenha pressa

O melhor é que o seu emagrecimento seja lento, permitindo que o seu corpo se adapte lentamente às mudanças e não tenha um “susto”. Assim o organismo se ajusta e equilibra seu funcionamento de acordo com o novo padrão alimentar, que possui menos calorias e alguns alimentos a menos, de forma gradativa.

Quanto mais rápido for o emagrecimento, mais rápido se estica a pele, o que pode arrebentar e formar estrias.

Por isso, um passo por vez, emagrece de forma lenta e saudável. Acredite! Pode fazer toda a diferença na sua vida!

Dica para Não Ter o Efeito Sanfona: conheça sua saciedade

A maioria das pessoas não sabe quando está realmente satisfeita e acaba comendo sempre mais do que deve. Isso é o que tratamos no ponto 1. Diminuir as porções pode ser difícil no começo, mas logo, seu estomago vai estar no tamanho adequado e cada vez se saciar mais rapidamente.

Algo que ajuda bastante a sentir os sinais do corpo é comer lentamente, iniciando por um prato de salada e só depois indo para o prato quente.

Comendo mais lentamente o corpo tem tempo para perceber a quantidade de alimento ingerido e enviar os sinais de saciedade para cérebro, diferentemente de quando se come rápido, pois quando o sinal chega ao cérebro você já comeu mais do que deveria.

Tomar um copo de água antes da refeição também ajuda a sentir que está mais cheio, e com isso comer menos.

Dica para Não Ter o Efeito Sanfona: atividade física

Além de mudar os seus hábitos alimentares, nada como apostar também na pratica de atividades físicas regular para um emagrecimento efetivo e duradouro.

Isso porque os exercícios ajudam na perda de peso e ainda dão um incentivo a mais para o processo, melhorando a disposição e o humor.

Pratique atividades físicas

Quem pratica exercícios físicos ajuda a criar mais elasticidade na pele, o que evita o efeito sanfona, assim como fortalecer os músculos, dando mais vitalidade a pele.

Além disso, a atividade física anda lado a lado com o processo de emagrecimento. Sempre é legal combinar a dieta com uma série de exercícios, seja uma caminhada, corrida, musculação, aeróbica, ou até mesmo andar de bicicleta ou patins.

Dica para Não Ter o Efeito Sanfona: troque os refinados por integrais

Essa é uma das mudanças que você pode fazer durante o processo de emagrecimento e que podem ser levadas para a sua vida, ajudando a evitar o ganho e peso e o efeito sanfona.

Isso porque os alimentos refinados perdem muitas propriedades no processo de fabricação e, com isso, perdem vitaminas e fibras. Por outro lado, os alimentos integrais mantêm esses nutrientes e fibras que ajudam na saciedade, no funcionamento dos intestinos e na diminuição do inchaço abdominal.

Essa dica faz parte da reeducação alimentar, onde alguns alimentos podem ser trocados por outros. Lembre-se que não é abrir mão do que gosta de comer, e sim adaptar suas necessidades atuais e não passar fome.

Nem sempre dieta é sinônimo de sacrifícios, você pode passar por esse processo feliz e sem estresse! Acredite, é possível.

Confira toda a lista de alimentos que você gosta de comer, e tente reinventar as receitas com alimentos de baixas calorias!

Dica para Não Ter o Efeito Sanfona: coma a cada 3 horas

Alimentar-se várias vezes ao dia, com pequenas porções irá manter o metabolismo acelerado e a sensação de saciedade sempre ativa. Entretanto, é importante que essas pequenas refeições sejam de baixas calorias e com alimentos de baixo índice glicêmico.

Lembre-se que quando o corpo passa por longos períodos sem alimento ele tende a estocar as calorias quando você come, criando assim, reservas para os períodos de ausência de alimentos.

Lembre-se que se cérebro é inteligente e faz de tudo para sobreviver, ao não comer, ele manda sinais ao organismo de que você está em perigo. Isso mesmo! Passar horas sem comer, é um sinal de alerta para o cérebro que automaticamente, estoca calorias e gorduras para se alimentar durante o período escasso de comida. Entendeu porque não dá para ficar muito tempo sem comer?

Essa ação tem efeito totalmente contrário do que as pessoas pensam. Ficar sem comer pode ser pior no caso das pessoas com sobrepeso.

Por fim, os piores problemas do efeito sanfona, são aqueles relacionados ao metabolismo, que dificultam que a pessoa consiga voltar a emagrecer, sem falar e patologias como hipertensão, colesterol alto, anemia e etc.

Por isso, se você segue uma alimentação balanceada, realiza exercícios físico, come a cada 3 horas e etc. E o mais importante, não se esqueça de consultar sempre uma opinião médica. O médico tem como encaminhar a vários exames de rotina para verificar qual o problema de não perder peso corretamente.

Com a ajuda de um profissional, é possível identificar os problemas existentes e remedia-los de forma correta, já que muitas vezes o problema é do próprio organismo.

Gostou do post de hoje? Viu como pode ser fácil evitar o efeito sanfona. Agora fique atento as dicas de hoje e coloque-as em prática para continuar satisfatoriamente nesse processo de emagrecimento!

Boa sorte!

Recomendados: