O Melhor Suplemento Para Tirar a Fome? [Entenda]

O mercado de compostos emagrecedores e suplementos têm um peculiar ingrediente chamado de picolinato de cromo, comercializado como o mineral milagroso que auxilia no emagrecimento (entre outros efeitos, que serão vistos com mais detalhe depois).

O cromo é um mineral natural achado em vários suplementos e em alguns alimentos, como gorduras, alimentos processados, ovos, carne e óleos vegetais. Ele ainda está presente em outras comidas, bem mais saudáveis como: grãos, brócolis, batatas e cenouras.

O cromo, associado ao picolinato, é absorvido de maneira bem mais fácil pelo corpo humano, e é por isso que é vendido nessa forma pelos mercados de suplementos.
Pouco conhecido, porém, muito eficiente, o Picolinato de Cromo ficou bastante famoso na década de 1990 como o “Milagre médico”. Ele é um suplemento dietético com grande quantidade de cromo que previne diabetes, promove a queima de gorduras e auxilia na perda de peso.

O que torna ele ainda mais procurado e popular é o seu poder de conseguir inibir a fome por doces.

Para que Serve?

Agora que já está mais do que claro o que é o picolinato de cromo, chegou o momento de explicar como ele atua no corpo humano e para que serve esse composto. Como já vimos, essa combinação de cromo e picolinato cria um composto natural que gera diversos efeitos quando consumido por humanos.

Uma das funções principais do cromo é a de concretizar o efeito da insulina; a ausência desse mineral pode acabar causando sérios danos aos sistemas dependentes de insulina, que é o responsável por aumentar os níveis de glicose no sangue, como depois das refeições, dando a energia para o corpo. Outro papel essencial da insulina é o de agir no metabolismo do carboidrato, da proteína e da gordura.

Na medicina alternativa, o picolinato de cromo é normalmente usado para diminuir o colesterol e melhorar o uso de glicose pelo corpo. Vendido no mercado de suplementos, o picolinato de cromo é muito famoso por auxiliar na perda de peso, ao passo que ajuda na diminuição da gordura corporal e na construção da massa muscular.

Picolinato de Cromo Ajuda a Emagrecer?

Picolinato
Picolinato

Estudos que envolvem a suplementação com o picolinato de cromo mostram que há alguns pequenos benefícios deste composto na perda de peso ou de gordura. Mas, esse benefício é bem pequeno e as pesquisas apontam que o que se pode perder usando o picolinato de cromo é aproximadamente a 1kg.

Não existem estudos que confirmem que o picolinato de cromo emagrece sem a ajuda de exercícios físicos e dieta. Dos vários estudos realizados sobre o assunto, um deles foi divulgado no International Journal of Sport Nutrition e realizava teste dos efeitos da dosagem diária do picolinato de cromo, no período de nove semanas.

Jogadores de futebol foram usados como cobaias nesse estudo e os cientistas realizaram análises das mudanças na porcentagem de sua gordura corporal, das massas musculares e da sua força.

Assim como várias outras pesquisas, o picolinato de cromo não causou mudanças reais na composição corpórea ou na força dos jogadores, mesmo no período de treinos.

Os estudos feitos com animais como cobaias demonstram mudanças expressivas nas porcentagens de gordura e de massa muscular deles. Mas, os que usaram humanos não indicaram picolinato de cromo como suplemento para dietas, porque seus efeitos são pequenos ou nulos no organismo.

Alimentos que Contêm Cromo

Como já dissemos, o cromo é um mineral natural que está presente em vários alimentos, mesmo que uma pequena quantidade. Dietas fundamentadas nesses alimentos não são tão eficazes, porque a quantidade de cromo que há neles é muito lesada e afetada pelos processos da indústria e da agricultura.

Entretanto, vale bastante investir nos seguintes alimentos, que possuem muito cromo:

  • Brócolis;
  • Suco de uva;
  • Batatas;
  • Alho;
  • Manjericão;
  • Suco de laranja;
  • Peito de peru;
  • Bife;
  • Pães integrais;
  • Vinho tinto;
  • Maçãs;
  • Bananas;
  • Vagens.

Já as comidas que possuem muito açúcar, especialmente a frutose e a sacarose têm pouco cromo e é bom evitá-las.

Como o Picolinato de Cromo Ajuda a Inibir a Vontade de Comer Doces e Carboidratos?

Só mesmo quem sofre com aquela compulsão por comer doces, sente, realmente, o quanto ele prejudica a saúde e a estética corporal. O açúcar das guloseimas é o verdadeiro vilão para quem busca o emagrecimento e também para quem lida com diabetes.

Com o cromo, o picolinato ganha a capacidade de aumentar a insulina e automaticamente faz com que o desejo por alimentos doces venha a diminuir. Outro benefício desse famoso ingrediente é o melhoramento da circulação sanguínea, que acaba também, deixando os níveis de açúcar no sangue adequados.

Já quando se trata dos carboidratos, o suplemento de cromo faz com que a fome pelo pão, arroz, macarrão e vários tipos de bolachas, desapareça. Sem dúvida, os carboidratos são mais do que essenciais para a dieta, entretanto, em excesso esse ingrediente só vai fazer o seu peso aumentar.

Como Tomar?

Após consultar um médico e averiguar que, de fato, o picolinato de cromo é a opção mais indicada para você, resta saber como ingerir esse suplemento. O consumo deve ser entre 25 e 35 mcg por dia e durante uma das refeições principais. A sugestão é não fazer um consumo exagerado, porque isso vai desencadear vários efeitos colaterais bem severos.

Efeitos Colaterais

Assim como grande parte dos medicamentos e suplementos, o picolinato de cromo tem alguns efeitos colaterais se ingerido diariamente, sobretudo se for combinado com outras substâncias.

Se você tem alguma alergia a qualquer composto presente nesse mineral, é bem melhor evitar fazer seu uso. Pessoas que tenham diabetes, problemas no sistema imunológico ou câncer precisam procurar um médico antes de medicar-se.

Alguns estudos apontam que os efeitos colaterais do picolinato de cromo podem ser extremamente severos, ocasionando alterações no DNA em função da combinação dele com outras substâncias químicas, podendo causar o câncer.

Além disso, existem relatos que afirma que esse suplemento deixa o sistema gastrointestinal irritado, podendo desencadear úlceras e algumas dermatites.

Curta e compartilhe essas informações!

Recomendados: