Saiba Como Aproveitar Todos os Benefícios dos Exercícios Aeróbicos e Anaeróbicos

Não é raro que alguém comece a frequentar uma academia sem saber direito que tipo de exercício ela irá fazer e qual será o melhor para seus objetivos. Muitas vezes o educador físico prepara um treino e se esquece de explicar as diferença entre os exercícios anaeróbicos e aeróbicos.

Ligados ao tipo de metabolismo energético que está sendo utilizado, tanto os anaeróbicos quanto os aeróbicos podem ser de intensidade leve, moderada ou intensa, sendo que sua execução varia de acordo com o que você deseja para o seu corpo.

Vamos conhecer um pouco mais sobre cada um desses exercícios.

O Que são Exercícios Aeróbicos?

O exercício aeróbico funciona junto com o oxigênio como fonte de queima de energia. São exercícios de longa duração, contínuo ou de baixa e moderada intensidade. São exercícios que estimulam a função dos sistemas cardiorrespiratórios, vascular e aceleram o metabolismo.

Os exercícios aeróbicos utilizam vários grupos musculares ao mesmo tempo e a duração dos movimentos influencia muito mais do que a velocidade para caracterizar se a atividade é suave, moderada ou exaustiva.

Entre os exercícios aeróbicos que podemos citar, estão entre eles: caminhar, correr, andar, nadar, pedalar, pular, dançar, step e spinning. Existem milhões de exercícios aeróbicos que você pode escolher, basta escolher o mais adequado para você.

O Que são Exercícios Anaeróbicos?

Os anaeróbicos, como o próprio nome diz, utilizam uma forma de energia que independe do uso do oxigênio, se transformando assim em um exercício de alta intensidade e de duração curta. Ele envolve um esforço intenso realizado por um número limitado de músculos.

São exemplos de exercícios anaeróbicos a corrida de cem metros rasos, saltos, arremessos de peso, levantamento de peso, provas de velocidade de natação, exercícios de força como a musculação, entre outros.

Para você ter um programa completo de exercícios no seu plano de atividade você deve apresentar um pouco de aeróbicos e um pouco de anaeróbicos para melhorar a sua resistência cardiorrespiratória, fortalecer seus músculos, desacelerar a perda da massa muscular, acelerar o metabolismo e continuar firme e forte com o alongamento para manter e melhorar cada vez mais a sua flexibilidade muscular.

Para emagrecer e assim diminuir a gordura corporal, tanto os exercícios aeróbicos quanto os exercícios anaeróbicos são eficientes se forem associados.

Além disso, é necessário também uma dieta alimentar com uma boa hidratação e descanso acima de tudo. Após cada exercício, há uma maior queima de gordura e esse fenômeno é chamado de “after burning”. Ele representa a queima de calorias que temos após o exercício. Tanto os exercícios aeróbicos quanto os anaeróbicos queimam calorias após o término da série, porém isso acontece com uma maior intensidade após os exercícios anaeróbicos.

Para que faça efeito em você, esteticamente falando, é necessária muita disciplina, hidratação, alimentação saudável e descanso (o ideal é dormir pelo menos 8 horas por noite). Não há como definir que tipo de exercício é melhor para você por aqui, apenas um médico ou um educador físico pode definir se os exercícios aeróbicos ou anaérobicos são melhores para você.

Exercícios Anaeróbicos
Exercícios Anaeróbicos

Confira Alguns Exemplos de Exercícios para Você Fazer

1 – Caminhada

Entre todos os exercícios aeróbicos, a caminhada é a que mais reúne vantagens. Ela só não é acessível para quem tem determinadas limitações físicas, portanto se você já tem uma rotina de atividades físicas ou está apenas começando, não importa, a caminhada é indicada para todas, cada um com o seu ritmo de acordo com o que consegue fazer e de forma progressiva vai aumentando a intensidade e a velocidade da caminhada.

É uma atividade que não tem custo algum e pode ser realizada por pessoas de qualquer idade e praticamente em qualquer lugar. Não é necessário ter nenhuma prática, nem treinamento, e será melhor ainda se conseguir achar uma companhia para que o percurso se torne menos cansativo e mais agradável.

2 – Trekking

Falando ainda em caminhada, o esporte, mais conhecido como Trekking é a modalidade que concilia a caminhada com o contato da natureza. Especialistas dizem que qualquer pessoa pode praticar esse tipo de esporte, desde que tenha consciência e conheça os limites do seu próprio corpo.

Essa modalidade é feita em trilhas, florestas e bosques e por isso é indicado que a pessoa conheça o lugar ou que vá acompanhada de um guia especialista na área que será explorada. Os percursos podem ser longos ou curtos, mais o que importa mesmo é o prazer em caminhar.

Em relação às caloriais que se perde fazendo essa atividade, vai depender do lugar e da pessoa, mas em média em torno de uma hora se perde em média 700 calorias

3 – Natação

A natação, é a atividade física que é praticada dentro da água. Quando se é levado em consideração o posicionamento das pernas, dos braços e do tórax são definidos quatro tipos diferentes de natação como, por exemplo, nado borboleta, o crawl, o nado de costas e o peito.

É uma modalidade que também pode ser praticada por qualquer pessoa, independente do sexo e da idade. Conhecida também por ser uma das atividades que mais gastam energia e quem a pratica precisa sempre seguir uma alimentação nutritiva e regrada.

Ele é um esporte totalmente relaxante que ajuda na redução de gorduras corporais e localizadas. É indicado para quem tem dores musculares, pois como é praticada dentro da água o impacto dos exercícios é praticamento zero.

A natação ajuda a reduzir os riscos cardiovasculares, melhora o sistema respiratório, fortalece os músculos e articulações, alivia dores, retardo o evelhecimento, etc. Para quem é iniciante, uma hora de natação, além de dar mais força e resistência ele gasta em média 430 a 530 calorias.

4- Hidroginástica

A hidroginástica é um exercício muito procurado pelas pessoas que querem ficar em forma e que estão querendo perder uns quilinhos extras. Além de ser um esporte prazeroso, traz muitos benefícios para quem o pratica.

Como os exercícios são praticados dentro da água, tendem a ter uma diminuição de esforço, uma pessoa muito pesada, por exemplo, dentro da água tem a sensação de ser bem leve, assim o desgaste muscular, a tensão e os impactos são diminuídos quase que 100 %.

É diante dessa facilidade que se exercitar com a hidroginástica que ela se torna a melhor opção para quem não está acostumado a malhar. Praticar hidroginástica melhora a resistência e a força muscular, flexibilidade, ajuda a emagrecer, tornear os músculos e eliminar as gorduras localizadas. Uma hora de ginástica tende a queima em média 500 calorias.

5 – Spinning

O Spinning, que também pode ser chamado de ciclismo indoor, é para as pessoas que não tem muito tempo ou não gostam de andar de bicicleta pelas ruas. Essa modalidade veio com tudo para suprir a necessidade e ainda por cima é um dos esportes que mais fazem sucesso dentro de uma academia.

Agora você já sabe a diferente entre os exercícios aeróbicos e anaeróbicos e também viu quantos exercícios você pode fazer. Espero que tenha gostado.

Compartilhe este artigo com seus amigos!

Recomendados: