Será Que Suar a Camisa Pode Ser a Solução para Emagrecer? [Entenda]

Você já deve ter escutado alguma vez a afirmação de que o suor é a gordura chorando. Infelizmente, isso não passa de uma força de expressão mesmo. Cientificamente, suar não possui nenhuma ligação direta com a perda de gordura.

Subir na balança depois de uma atividade física de alta intensidade, na qual você suou bastante, é somente uma ilusão. Primeiramente, porque somente o peso, não quer dizer nada.

Segundo porque ele pode até ter diminuído na balança, mas o que você perdeu foi, na realidade, sais minerais e água.

Assim que a quantidade de líquido perdida for reposta, seu peso vai voltar ao normal. Aliás, é fundamental se manter hidratado antes, durante e após os exercícios físicos. Isso ajuda a evitar cãibras e mal-estar.

Enquanto estiver fazendo o exercício especificamente, não é aconselhável ingerir muita água de uma vez só. Isso pode causar a sensação de inchaço e danificar o rendimento físico. Beba quantidades pequenas em um período curto de tempo. É sempre bom ter uma garrafinha nas mãos.

Além disso, se o tempo em que dura sua sessão de exercícios for muito longo, é sugerido que faça uma troca, da água por uma bebida isotônica, mais rica em sais minerais.

Se seu objetivo é emagrecer, isto é, ter uma considerável perda de gordura, sem dúvida você já ouviu a máxima de que é necessário gastar mais calorias do que se consume por dia.

Isso pode não ser uma completa verdade, e vamos ver como os alimentos podem agir de maneiras distintas no corpo, pois nem todas as calorias são exatamente iguais.

Mas, com essa ideia de que é necessário queimar calorias, a prática de exercícios físicos surge como um forte aliado do processo de emagrecimento.

Em geral, as pessoas transpiram fazendo os exercícios, especialmente os aeróbicos. Daí vem a ligação de que é preciso “suar a camisa” para dizer adeus aos quilos extras, já que suor e emagrecimento são consequências normais da prática de atividade física.

Aliás, esse é um dos motivos que conseguem fazer com que as pessoas acreditem que ficar várias horas na esteira é a melhor maneira de emagrecer.

Quando na realidade, a musculação não só se mostra mais eficiente do que o clássico aeróbico, como ainda auxilia a pessoa a se manter magra.

Por que Suamos?

Quando começamos a praticar exercícios, fazemos com que o nosso metabolismo fique acelerado. Essa aceleração é seguida de um aumento da temperatura do corpo e causa calor.

Suando pós treino
Suando pós treino

A transpiração é um indicador de que nosso corpo ultrapassou a média de 36,5°C. Assim, as glândulas sudoríparas começam a agir para deixar o corpo com sua temperatura equilibrada.

Importância da Transpiração

Mesmo com muita gente se incomodando com a transpiração, suar é um processo benéfico e natural ao corpo. Quando você libera suor, seu corpo passa por uma série de processos que consentem a liberação de toxinas através dos poros.

Como mencionado acima, a transpiração é o mecanismo principal do corpo para deixar o organismo resfriado, que trabalha bem a uma temperatura de aproximadamente 36,5°C.

Se o corpo passa de 38°C, é porque algo tem alguma coisa errada. Febre é uma forma de o organismo reagir a alguma anomalia.

No geral, elevações de até 3° C não causam danos, entretanto, variações de 5° C podem causar disfunções no sistema nervoso central, como tontura, náusea e redução na taxa de transpiração.

Aumentos mais elevados, de até 8° C, podem provocar lesões definitivas nas células e no cérebro, levando o indivíduo até mesmo a morte.

Por isso, suar é algo essencial aos processos químicos e reações normais, que deixam o nosso corpo saudável.

Suor e Mau Cheiro

Há 2 tipos de glândulas sudoríparas: as écrinas e as apócrinas. As primeiras deixam a temperatura do corpo regulada e eliminam água e sais minerais por meio dos poros. Por isso, não exalam quase nenhum cheiro.

Já as apócrinas, são encontradas em regiões como em volta dos mamilos, área genital, axilas, pés e couro cabeludo, e eliminam o suor por meio de folículos capilares ao invés de usar os poros.

Esse suor tem resíduos celulares e do metabolismo que tem a capacidade de produzir odores nada agradáveis quando expostos a bactérias e fungos, de maneira especial, em ambientes mais úmidos, escuros e quentes.

Ou seja, o suor em si, não tem um mau cheiro. O odor desagradável apenas ocorre quando ele entra em contato com bactérias ou fungos que estão presentes na pele.

Dessa forma, o cheiro ruim pode ser impedido, na maioria dos casos, somente tendo uma boa higiene corporal.

Higiene Corporal: Boas Práticas para o Seu Bem-Estar

Sem dúvida você deve ter muito cuidado com a higiene, não importando as circunstâncias, mas, ao fazer exercícios físicos em ambientes coletivos, você precisa redobrar esta atenção, com a finalidade de não causar mal-estar nas outras pessoas ao seu redor e, claro, à você mesmo.

Veja agora algumas medidas que devem ser seguidas para garantir uma higiene verdadeiramente eficiente, não só para você, mas também para os outros.

Evite Usar Tecidos que Absorvam Muito o Suor

Prefira sempre utilizar roupas claras e leves, que, principalmente em dias quentes, auxiliam o corpo a não deixar o calor retido, por tornarem mais fácil a troca de temperatura com o ambiente.

Tenha Alguns Itens para Você

Se por acaso ficar muito tempo na rua, tenha sempre um antitranspirante ou um desodorante com você, para o caso de precisar. Os roll-ons são bem mais eficazes para impedir o suor.

Prefira Sabonetes Antissépticos em Regiões Onde Você Mais Sua

Na hora do banho, prefira os sabonetes antissépticos nas áreas em for mais fácil de você suar. Para o resto do corpo, os médicos sugerem o sabonete comum, que já é antibacteriano.

Seque Bem a Pele Depois do Banho

Depois do banho, deixe a pele bem seca, principalmente a pele das axilas e entre os dedos dos pés. Se for necessário, utilize um secador de cabelo (na temperatura morna) para extinguir os vestígios de umidade, já que estes beneficiam a proliferação de micro-organismos.

Gostou deste artigo? Então, curta e compartilhe essas informações!

Até a próxima!

Recomendados: