Existe Pílula para Perder Gordura da Barriga?

Pilula para emagrecerVocê tem um sonho? Tem? Vários? Será que um dos seus sonhos envolve emagrecer, ficar com uma cintura fina e não se preocupar mais com o ganho excessivo de peso e com os problemas de saúde causados por uma alimentação desregulada? Apostamos que sim! Não seria bacana se todos esses problemas sumissem com a simples ingestão periódica de pílulas específicas para esse tipo de coisa? Seria tudo, não é mesmo? Por décadas se quis que essas pílulas existissem e por um bom tempo elas foram estigmatizadas com uma aura de “nocivas” e de que não trariam efeitos positivos para o nosso corpo, sendo algo até perigoso e viciante. Hoje em dia, com o acesso à informação bem mais facilitado, sabe-se que as pílulas não são as vilãs da história.

Aliás, hoje em dia as pílulas para perder gordura da barriga são liberadas e reguladas pela Anvisa, fazendo com que você possa confiar tranquilamente no medicamento.

OS BENEFÍCIOS DA PÍLULA PARA PERDER GORDURA DA BARRIGA

Sim, elas existem e realmente possibilitam a você uma perda segura daquela gordurinha acumulada na sua barriga. Mas, não é assim, tão fácil e simples, que as coisas acontecem. Pegue o depoimento de Laura, por exemplo, uma senhora que já estava desestimulada na luta contra a balança e que encontrou motivação nas pílulas para emagrecer.

Laura sempre esteve acima do peso, nunca conseguiu perder aquela barriguinha avantajada, mesmo que o restante do seu corpo não fosse tão inchado assim. Porém, com o passar das décadas Laura consequentemente foi ganhando peso e chegou aos 40 anos de idade quase obesa. E a partir dessa idade a dificuldade para queimar gordura é maior, o metabolismo fica cada vez mais lento e a facilidade para acumular gordura é mais intensificada. Isso fez com que Laura ganhasse peso exponencialmente e se tornasse, de fato, numa pessoa obesa.

O que fazer diante dessa situação? Ela foi aconselhada a procurar tratamento médico. E aí, logicamente, ela começou uma dieta e passou a praticar exercícios físicos.

Ela comia menos, cada vez mais alimentos integrais, se exercitava com frequência. Começou com caminhadas e depois de alguns meses conseguia correr, mesmo que devagarzinho. Porém, o que ninguém esperava que acontecesse ocorreu: Laura conseguiu queimar quase 60kg de gordura em 7 meses! Já pensou isso acontecendo com você? Incrível, não é mesmo? Pois é. Ela conseguiu perder isso tudo.

E as pessoas perguntavam: “como você conseguiu isso em tão pouco tempo?” E ela sempre respondia: “fazendo dieta, praticando exercícios físicos e tomando pílula para emagrecer.” E todo mundo começava a pedir a ela uma pílula para tomar, sendo que ela, consciente, negava e dizia que isso só seria possível com uma visita ao nutricionista.

E a partir daí a gente pode ter uma noção de como as pílulas para emagrecer, aquelas sérias e aprovadas pela Anvisa, são de fato excelentes para quem quer perder barriga. E os benefícios delas vão bem além de emagrecer. Aliás, para isso acontecer, uma série de efeitos positivos já terão acontecido ao seu corpo.

O mais famoso dos efeitos é a aceleração do metabolismo. Com isso, todos os processos de queima de gordura, de desenvolvimento de massa muscular, entre outras coisas benéficas para o seu corpo, se tornam bem mais rápidas e fáceis de acontecer. Mas, e nós dizemos novamente, as pílulas para emagrecer vão além disso!

Já foi falado aqui sobre as toxinas e os malefícios que elas trazem, entre elas, a retenção excessiva de líquidos no corpo, garantindo uma aparência inchada, às vezes até estranha e que faz muita gente confundir com gordura acumulada. As pílulas possuem essa ação desintoxicante e com isso a forma física fica muito mais em dia.

E como existem vários tipos de pílulas com diferentes finalidades você pode esperar alguns efeitos bem bacanas, como remédios que diminuem a sua fome ou o seu desejo de comer certas coisinhas, como carboidratos simples e doces, por exemplo.

A PÍLULA PARA PERDER GORDURA DA BARRIGA CAUSA EFEITO COLATERAL?

Isso depende muito de que pessoa está tomando. Aliás, não é toda pessoa que pode fazer uso das pílulas para emagrecer, você sabia disso? Somente aquelas que estão com o IMC acima de 25 são liberadas pela Anvisa para tomar o remédio. IMC é o índice de massa corporal, onde é medida a proporção do seu peso para o estado ideal do seu corpo. E a partir disso você sabe se está dentro de um quadro de sobrepeso ou até mesmo de obesidade.

Se o paciente sofrer com diabetes ou problemas com hipertensão, também vai se encaixar no quadro permitido para usufruir de pílulas para emagrecer. Quem tem altos índices de triglicérides no sangue também faz parte desse rol “privilegiado”. Ou seja, chegamos à conclusão de que esse remédio não foi feito para quem quer ficar apenas mais bonito, para quem quer fazer um “projeto verão” apenas por razões estéticas.

Afinal, estamos falando de um remédio. Isso é coisa séria. Para você ter uma ideia da relevância do assunto, existe uma série de efeitos colaterais que podem acontecer a alguns pacientes. E com isso você pode até se perguntar se as pílulas para perder gordura da barriga são seguras. E nós respondemos que sim, elas são. Mas desde que sejam tomadas com acompanhamento médico e que você faça parte do quadro permitido de pessoas que podem adquirir os produtos.

Quem sofre com depressão ou ansiedade não pode, sob hipótese alguma, tomar esses remédios, pois os efeitos colaterais podem ser bastante desagradáveis e nocivos.

E quais são esses efeitos, afinal, de que tanto falamos mas não chegamos a expor de fato? É comum você ter vertigem se tomar o remédio de forma errada, é uma sensação terrível, acompanhada de náuseas, o que só deixa a experiência de tomar essas pílulas algo ainda mais insuportável. Já foram relatados de infecções nas vias respiratórias, muita sonolência e, o que nós falamos mais acima, ansiedade e depressão. Mas, isso não é garantido, como também já foi dito, os remédios são seguros.

E por que existem esses efeitos colaterais? Às vezes o organismo não reage bem a determinadas substâncias ou você simplesmente não está tomando da maneira correta. É comum encontrarmos pessoas, que sem muito conhecimento sobre o assunto, tomam vários tipos de remédio para emagrecer e acabam sofrendo com dores de cabeça e uma sonolência fora do comum. Outras pessoas até acabam emagrecendo bastante, conseguindo ótimos resultados, mas costumam ter náuseas, uma irritabilidade muito sensível e até propensas a depressão.

Diante desse quadro se reforça a necessidade de sempre ter um acompanhamento médico e, além disso, tomar apenas os produtos que eles lhes prescreverem. Por isso, se você achar que poderia se dar bem tomando alguma pílula para perder a gordura da barriga, procure o seu nutricionista, fale do seu desejo e peça alguma indicação e uma lista de coisas que você pode ou não fazer enquanto se trata com esse remédio. Até porque alguns efeitos colaterais podem apenas se manifestar quando você tem algum hábito que combinado a essas substâncias ingeridas acaba não gerando bons resultados.

COMO PRATICAR EXERCÍCIOS ENQUANTO VOCÊ TOMA PÍLULA PARA PERDER GORDURA DA BARRIGA REGULARMENTE

Exercico fisicoComo a maioria das pessoas que tomam a pílula para perder gordura da barriga estão obesas ou com uma alta taxa de sobrepeso, recomenda-se que comece de leve com os exercícios físicos. Não adianta tentar fazer mais do que o seu corpo pode e acabar se lesionando e passando um tempo enorme de molho, o que vai prejudicar bastante os seus planos de um dia emagrecer.

Então, comece dando uma caminhada ao redor da praça, caminhando pela orla da praia ou pela extensa avenida da sua cidade. Em breve, quando sentir que a sua resistência já está aumentando, passe a trotar e a caminhar, intercalando essas duas atividades. Logo depois, você se sentirá mais à vontade para fazer o trote durante todo o percurso. E, dessa forma, você conseguirá finalmente correr.

O ideal é que você mescle esses exercícios aeróbicos com atividades que tragam mais desenvolvimento para a sua massa muscular. Com isso, você conseguirá reverter de forma mais rápida a sua gordura em músculos. E não se surpreenda se você vir o seu peso aumentar. Não se preocupe, isso acontece porque a massa pesa mais que a gordura, até porque ela é mais compacta, o contrário da gordura.

Também procure saber com seu nutricionista a respeito de alimentos para você ingerir logo após esses treinamentos. É de muita importância que você saiba o que comer antes, durante e depois, para que finalmente faça efeito não somente essas pílulas para perder gordura da barriga, mas também os exercícios físicos que fizeram você suar a camisa.

Com o tempo tudo isso não passará de apenas uma fase da sua vida onde você esteve acima do peso, mas conseguiu sair dessa situação com muita força de vontade, superação e, é claro, ajuda profissional e através dos remédios que você adquiriu.

Como você pode ver, emagrecer já não é mais impossível!