Modele Seu Corpo da Melhor Forma [Conheça] A Cinta Para Barriga

Tanto cintas elétricas como cintas modeladoras chamam muito a atenção de quem está desesperado para emagrecer, e normalmente podem parecer a solução mais fácil para quem bate o olho em uma delas. Mas será que elas realmente funcionam? Elas conseguem ajudar a emagrecer ou reduzir medidas? Ou são apenas um acessório utilizado para quando precisamos ficar perfeitas naquele vestido que amamos? Saiba aqui a verdade.

As cintas modeladoras são como uma roupa íntima ou segunda pele que será usada por baixo da maioria das roupas, de uma aparência parecido com a dos collants de ballet ou com os bodys de malhar, elas ainda são muito mais firmes e de tecido pouco elástico, funcionando de maneira a comprimir o nosso corpo, normalmente colocando o bumbum, a barriga, a cintura, e as pernas no lugar.

Com essa compressão que as cintas são capazes de fazer, elas começam a modelar nosso corpo, fazendo com que tudo fique no lugar. Mas e emagrecer e reduzir medidas? Elas são realmente capazes de fazer isso?

A resposta é não, cintas modeladoras não são capazes de acabar com a gordura localizada ou queimar calorias, e elas ajudam apenas a modelar o corpo e em alguns casos podem ajudar na redução de celulites dando à pele uma aparência mais firme quando usada juntamente com cremes anticelulite, por exemplo.

Esse mito de perda de peso relacionado as cintas modeladoras é realmente falso, porém, é preciso lembrar que essas cintas podem sim ser bastante úteis para a remodelação do corpo quando estamos naquela fase de perder peso, porém, é preciso ter bastante cuidado com a frequência em que a cinta será utilizada.

Ainda que seja importante que a cinta seja utilizada continuamente para que os resultados realmente aconteçam é preciso lembrar, porém que, se usada mais do que o recomendado esse tipo de cinta acaba fazendo mal ao corpo pela forte compressão, deixando nossa respiração e circulação prejudicadas, além de deixarem marcas em nosso corpo que podem demorar para sair.

Por isso, a maneira correta de utilizar essas cintas é em primeiro lugar acertar no tamanho delas, onde sim, elas devem comprimir o nosso corpo, mas sem exageros, onde não devemos sentir mal-estar quando estivermos utilizando esse produto.

Outra coisa a se chamar a atenção é quanto à frequência que elas devem ser utilizadas, onde muitas mulheres gostam de fazer seu uso durante o treino de musculação, por exemplo, para que o crescimento dos músculos seja um pouco mais direcionado para que tudo fique no lugar, enquanto outras preferem fazer seu uso em casa ou durante o dia de trabalho.

Os cremes anticelulite também são ótimos aliados quando decidimos por fazer uso das cintas modeladoras, e podem ajudar bastante a melhorar o aspecto da nossa pele.

Dessa forma, fica claro que as cintas funcionam e podem trazer algum resultado quando o assunto é colocar algumas gordurinhas no lugar, mas a verdade é que os resultados são bastante tímidos.

Quanto a perda de peso e redução de medidas em si, essas cintas realmente não funcionam, e para isso, não adianta, não existe mágica: é preciso investir em dietas e em uma boa rotina de exercícios para que se consiga perder peso com saúde e qualidade.

Já que as cintas não funcionam para tal, confira abaixo duas dietas para secar as gordurinhas e algumas informações sobre exercícios que realmente farão você perder alguns quilinhos.

Cinta Modeladora no Corpo
Cinta Modeladora no Corpo

A Dieta Abaixo foi Baseada da Revista “Women’s Health”, e é de 1200 Calorias Diárias

Café da Manhã

1 xícara de café com leite desnatado + 1 fatia de pão integral light com 1 colher (sobremesa) de requeijão light OU 1 ovo mexido com pouco sal e salsa OU 1 fatia de pão integral com 1 colher (sobremesa) queijo cottage e 1 fatia de blanquet light OU 2 torradas integrais light com 1 fatia de queijo branco (pouco sal).

Lanche da Manhã

1 porção de fruta (melancia, melão, ameixa, abacaxi, entre outras) + 1 torrada integral light com cream cheese light OU 1 pão sírio light pequeno com 1 fatia de queijo branco e 1 fatia de peito de peru light.

Almoço

2 colheres (sopa) de arroz integral + 1 concha pequena de feijão + 1 filé de frango OU peixe grelhado + salada à vontade + 3 colheres (sopa) legumes refogados.

Lanche da Tarde

Porção de fruta de sua preferência OU 2 torradas integrais light

Jantar

1 lata de atum light + salada de variadas folhas à vontade + 2 colheres de arroz integral OU 1 pão de hambúrguer light com hambúrguer de soja grelhado OU 1 prato fundo de sopa de legumes + 1 fatia de pão integral

Ceia

Uma porção de fruta OU uma taça de gelatina diet OU 1 copo de suco de fruta sem açúcar

Exercícios Aeróbicos

Os exercícios aeróbicos sempre foram os mais indicados para o emagrecimento, e eles realmente são a melhor opção para quem deseja emagrecer.

Ainda que você comece seus exercícios aeróbicos em uma baixa intensidade, o ideal é que aos poucos você comece a aumentar a intensidade e que comece a fazer esses exercícios de maneira intervalada, alternando entre média e alta intensidade durante cerca de uma hora de treino.

Entre os exercícios aeróbicos que podem ser feitos, alguns exemplos são a corrida, o spinning, jump, pular corda, entre outros.

Musculação (Exercícios Anaeróbicos)

Muitas pessoas apontam a musculação como um tipo de exercício melhor para o emagrecimento, mas o que acontece é que a musculação é um ótimo tipo de exercício para definir o corpo, ganhar músculos e massa magra, porém, quando o assunto é emagrecer, a musculação sozinha é ineficiente, justamente porque ajuda a crescer massa magra e não a exatamente perder peso.

Mas lembre-se que a musculação é essencial para manter o corpo definido e acabar de vez com as gordurinhas, então invista em treinos de musculação assim que começar a notar sua perda de peso com os exercícios aeróbicos.

Você já sabe a verdade sobre as cintas modeladoras e entendeu que sim, elas podem ajudar a melhorar o aspecto da pele e a colocar algumas gordurinhas no lugar, mas quando o assunto é emagrecer e perder barriga, o correto é apostar em uma boa dieta e em exercícios físicos. Compartilhe essa informação com as amigas!

Recomendados: